Ausência de controlo de identidade para embarcar num avião… é normal?

A primeira vez que viajei de avião sem que em momento algum me fosse pedido um documento de identificação foi em Munique. Seguiu-se Zurique, Copenhaga e Berlim. Hoje foi a vez de Nice. 

A utilização de portas électronicas que se substituem às pessoas, tornam o embarque um processo automático e anónimo. Num momento da estória da Europa em que tanto se fala de terrorismo, do livre trânsito (ou não) de pessoas, de fronteiras (ou não)… é-me estranha esta ausência de controlo – nem mesmo aparente – da real identidade das pessoas que, por acaso, estarão comigo nas próximas 2h e qualquer coisa, dentro de um avião. 

Fruto dos tempos. Ou da redução de recursos humanos. Ou de n’importe quoi :/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s