É música em palavras…

A minha amiga T. entre muitas coisas – tipo caixa de Pandora – faz das palavras poesia. Ontem publicou no facebook um comentário ao post que aqui escrevi no blog. Partilho-o convosco. Porque é muito mais do que um comentário. É música em palavras…

<Aquele balão branco, seremos nós. Levantou da praia, tua segunda casa :))), com uma transparência de madrepérola e afastou-se do cheiro dos búzios, lembrando os colares que se fazem de corais. À moda antiga. Não levou a magia. Essa, ficou, para me tornares “mãe” emprestada por um dia, na necessidade de perguntar sempre, não só para que saibamos as respostas, mas, porque somos assim, inquietas no desejo máximo da tranquilidade, a mesma, com que a tua filha dorme encostada a ti, e eu, com um suspiro em forma de brisa, olho este mar e sei que são todos feitos da mesma água. Depois? Arrumo, e quanto eu sou arrumadinha :))), as fotos e o papel que conta o incontável, e faço um barco de papel, para que navegue, qual balão de ar quente, pelo universo inteiro, vendo a ilha que, sempre, seremos. Quanto ao riso, esse, é a espuma que torna à costa, e se renova, e se transforma e nos engrandece, neste mundo em que, fugimos das coisas pequeninas, que, como muito bem sabemos, são as que nada podem contra o imenso significado e sentido. Agora, trago no pulso uma pulseira de elásticos azuis que entrelaçam garagalhadas e entendimento, memórias várias, um afeto maior que eu, e outras coisas em forma de assim…>

(um texto de Teresa Amaro)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s