Somos muita bons… Os portugueses estão mais pobres, mas entre eles existem mais ricos!

“Quando fizermos a avaliação não deixaremos de concluir que muito foi feito. Muito mais e em muito mais áreas do que alguma vez foi feito em todos os anos de regime democrático.” Ministra das Finanças, Maria Luis Albuquerque, 1 de Maio 2014.

Os egos tem que se lhe diga! De que importa os danos colaterais? Em ultimo este governo aplicou medidas em tempo recorde -e os seus agentes terão, por certo, excelentes oportunidades profissionais no seu futuro pós-governação. Os números dizem que conseguiram. É mais ou menos o mesmo que o gestor que chega à empresa, despede os funcionários e implementa sistemas automáticos ou contratação de serviços. Recebe um salário com 4 zeros (no mínimo) e é visto como um herói. A diferença é que se trata de um país.

São precisos muitos pobres para fazer um rico. Não é, por isso, difícil de compreender porque motivo o número de ricos tem aumentado em Portugal!

E era isto…

6 responses to “Somos muita bons… Os portugueses estão mais pobres, mas entre eles existem mais ricos!

  1. Tal como ontem… o PM dizer que é uma “saída limpa”… ao que me apetecia responder-lhe na cara: “Saída limpa, com tantos portugueses roubados?”

    Continue por aí, em França, que aí está melhor, certamente…
    Que país este….

    Gostar

  2. Concordo perfeitamente quer com este artigo quer com a Sra. Ministra. De facto Portugal nunca tinha sofrido um terramoto desta intensidade, tendo ultrapassado em muito o de 1755, quer na intensidade quer na destruiçao da sociedade. Fecharam-se milhares de empresas que por sua vez gerou cerca de 1 milhao de desempregados. Tudo isto em nome da divida e das exigências dos mercados…
    Com tantos sacrificios nem sequer se conseguiu abater 1 euro à divida externa. Nao entendo, por mais que expliquem !
    Tudo isto, sem nexo, sem eira nem beira. Resta…um Pais à deriva.

    Gostar

  3. O aumento do IVA e da TSU dizem olá a essa saída limpa.

    Penso que o essencial deste programa era saber se, no final, Portugal e os portugueses estariam melhores.

    Não estão.

    Gostar

    • Partilho a tua opinião Ricardo. E mesmo que os portugueses se aguentem, o que eu sinto é que a cada dia que passa se acentuam mais as diferenças entre França e Portugal – isto desde que estou la – ha quase 2 anos!
      Beijinhos e obrigada pelo teu comentario (este e os outros) :)! Ate breve…

      Gostar

  4. Uma saída tão limpa que limpou as carteiras aos portugueses. E tudo isto, para nada, aliás, para piorar.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s